Itapetinga: jacarés são capturados na Lagoa


Jacarés foram capturados durante o feriado de Semana Santa no Parque Poliesportivo da Lagoa em Itapetinga. As imagens dos animais sendo exibidos como se fossem troféus foram divulgadas nas redes sociais e rapidamente se espalharam na web.

la

A pesca de anzol no Parque da Lagoa foi liberada pela prefeitura na última terça-feira e encerrou-se no Domingo de Páscoa. Nesse período, centenas de moradores de bairros diferentes compareceram ao local na tentativa de fisgar algum peixe. Teve até quem levou para casa peixes com mais de 20 quilos.

O Parque Poliesportivo da Lagoa é o principal cartão postal da cidade de Itapetinga. Aos finais de semana, principalmente, é comum crianças, jovens e idosos jogarem pipocas para os peixes, etc.

Os jacarés também chamavam atenção dos visitantes, mas pelo menos três deles foram capturados, abatidos e levados para consumo humano.

As fotografias divulgadas na internet mostram as pessoas exibindo os animais como fossem troféus. Internautas repudiaram o ocorrido e pediram a intervenção do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Em um post, uma internauta diz: “que sejam todos identificados e punidos. Uma coisa é ser liberada à pesca, outra coisa é cometer crime ambiental”.

“Quero crer que esse jacaré só foi para uma foto, nem vou fazer tempestade em copo d’ água”, disse um morador na rede social, não querendo acreditar no que estava visualizando. “Crime ambiental- o Ibama precisa ver isso ”, comenta outro internauta.

Uma pessoa utilizou a própria rede social para fazer um pedido: “joga o bichinho de volta na água”. Mas, de acordo com testemunhas, não havia nenhum fiscal da prefeitura no local e todos os jacarés capturados acabaram servindo para consumo humano. “Cidade sem lei é assim”, lamentou uma internauta.

Até o término desta matéria a prefeitura não havia se manifestado sobre o ocorrido. Recentemente, uma mulher, dona de um bar, situado em frente ao Parque da Lagoa, cortou várias árvores que estavam na lateral de seu estabelecimento comercial.

Até o momento, ela (a mulher acusada) não foi punida pelo Crime Ambiental que cometeu. Sobre este caso, a prefeitura também não se manifestou, mesmo se dispondo de uma assessoria de comunicação.

Professor de Macarani morre no HCR em Itapetinga


No fim da tarde deste sábado, 19 de março, dor e comoção marcaram o enterro do professor Osmar Alves Ribeiro, ocorrido por volta das 16 horas no Cemitério Central, no Bairro Camacã, em Itapetinga. Ele morreu na madrugada do mesmo dia no Hospital Cristo Redentor depois de sofrer uma parada cardíaca.

crimo

O cerimonial da funerária Pax perfeição foi o local onde aconteceu o velório, que teve início logo nas primeiras horas do dia. Professor Osmar lecionava no distrito de Itabaí, pertencente ao município de Macarani, onde nasceu e constituiu família.
Ao Portal de Notícias Itapetinga Repórter, a família informou que o educador tinha 52 anos de idade e apesar de fazer uso excessivo de cigarro e bebida alcoólica, estava forte e aparentemente saudável.

Seu Osmar se encontrava na casa de familiares, no Bairro Primavera, quando passou mal e foi levado para o Hospital Cristo Redentor numa ambulância do Samu-192. Ele veio a óbito por volta de 01h10.O educador, atualmente, estava separado, mas deixou três filhos e três netos. Sua morte precoce comoveu familiares, amigos e ex-alunos.

Itapetinga: corpo é encontrado próximo a motel


O corpo de um pedreiro de 77 anos de idade foi encontrado na manhã desta quinta-feira, 10 de março, dentro de uma residência na Rua Hermógenes de Melo, no Bairro Quintas do Morumbi, em Itapetinga, próximo a um motel. Assim que tomou conhecimento do ocorrido uma equipe da Polícia Civil, sob o comando do delegado plantonista Marcos Larocca, deslocou-se imediatamente para o local.

vava3-1024x566

Edgar José Viana, natural de Vitória da Conquista, foi encontrado sem vida em um dos quartos da residência onde morava com uma senhora, portadora de problemas mentais. No começo da manhã, a idosa pediu ajuda para uma vizinha após perceber que o homem estava morto, mas, acredita-se que ele estava em óbito desde a noite do dia anterior. Enquanto fazíamos está reportagem, ouvimos alguns familiares e vizinhos de Vavá Viana, como era conhecido, e todos foram unânimes em dizer que o pedreiro aposentado era uma pessoa de bem e não sofria de problemas de saúde, inclusive era bastante alegre e comunicativo. (mais…)

Lula chama impeachment de maior ato de ilegalidade desde 1964 e diz que vai resistir


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva compareceu nesta segunda-feira (25) a um seminário em São Paulo organizado pela Aliança Progressista. Durante sua palestra no evento, ele voltou a fazer críticas à imprensa nacional na cobertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff, agradecendo o contraponto feito por jornalistas internacionais no Brasil.

lula1

“Eu estou convencido de que, aqui no Brasil, vai ter muita luta. Viveremos momentos de muito combate democrático. Não é possível aceitar que um canal de TV ou um jornal governem o país. Não é possível que meia dúzia de jornais ou revistas digam quem é bom para o país. Quem tem que dizer isso é o povo”, afirmou.

“Eu quero que vocês saibam que nós, do PT, vamos resistir. Porque com a democracia não se brinca. Muita gente morreu para defender a democracia. Tem problemas? Tem. Tem problemas econômicos, tem conduções equivocadas que o PT discorda do governo. Mas, se erro de governo e momento ruim da economia forem levar presidente a impeachment e primeiro-ministro a voto de desconfiança, ninguém se sustenta dois anos em nenhum país do mundo.”

Segundo o ex-presidente, “a imprensa estrangeira está dando uma lição de moral à imprensa brasileira”. “Nós não queremos que [os jornais] defendam a Dilma, o PT. Queremos apenas a verdade”, completou, para em seguida enfatizar que não há crime de responsabilidade no processo de impeachment de Dilma.

Lula também criticou os políticos da oposição que, segundo ele, utilizam as mesmas técnicas que resultaram na derrubada de João Goulart durante o golpe militar de 1964.

“Tirar a Dilma é apenas um gesto. É o maior ato de ilegalidade feito desde 1964, no golpe militar. No golpe, eles tinham alguns argumentos – de que o presidente era comunista, tinha proposto a reforma agrária e que era preciso derrubar a esquerda para evitar a corrupção. São sempre esses argumentos”, afirmou.

Em seu discurso, Lula acusou indiretamente o vice-presidente, Michel Temer, de manobrar pelo impeachment. Para ele, os motivos defendidos pela acusação tornam qualquer país do mundo ingovernável.

“Aqui no Brasil, o vice é constitucionalista, é advogado e sabe que Dilma não cometeu crime. Mesmo assim, [os oposicionistas] resolveram tomar uma decisão política. Porque não há um julgamento do crime”, declarou.

Por fim, em seu pronunciamento, Lula comparou a Operação Lava Jato à Operação Mãos Limpas, realizada na Itália entre as décadas de 80 e 90. Segundo ele, o vácuo de poder pela prisão de dirigentes pode acabar promovendo novos protagonistas, nem sempre os procurados pelos eleitores.

“A Itália sabe o que significou a Operação Mãos Limpas. Prenderam não sei quantos empresários. O resultado da moralização foi a eleição do [Silvio] Berlusconi”, relembrou. “E aqui no Brasil, para combater tudo isso [a corrupção], eles [oposicionistas] querem [eleição] pela via indireta, eleger um presidente.”

“Nós só queremos uma coisa: respeitem o voto popular e, se querem ganhar as eleições, esperem 2018”, completou.

‘Temer traidor’
O presidente do PT, Rui Falcão, também criticou Michel Temer nesta segunda-feira, em discurso na abertura do evento. Segundo Falcão, “Traidor de sua colega de chapa, contra a qual conspira abertamente, Temer já anunciou um programa antipopular, de supressão de direitos civis e sociais, de privatizações e de entrega do patrimônio nacional a grupos estrangeiros”.

“Comanda o golpe o vice-presidente da República, que registra 1% de intenção de voto, caso passasse pelo teste das urnas. E que acumula nas pesquisas uma rejeição próxima de 80%”, declarou Falcão, que foi além.

“Se a oposição de direita insistir na deposição da presidenta, reafirmamos que não haverá trégua nem respeito a um governo usurpador, sem o referendo do voto popular e, portanto, ilegítimo e ilegal”, acrescentou. (Com Estadão Conteúdo) (Foto Tribuna Online)

Prazo para retirar ou transferir título de eleitor vai até 4 de maio


Quem pretende votar nas eleições municipais de 2016 tem até o dia 4 de maio para retirar ou transferir o título de eleitor.

A data é divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral com base no artigo 91 da Lei nº 9.504/1997. Segundo o texto, “nenhum requerimento de inscrição eleitoral ou de transferência será recebido dentro dos 150 dias anteriores à data da eleição”. Em 2016, o primeiro turno das eleições municipais será realizado em 2 de outubro.

Até o prazo dado pelo TSE, o eleitor pode requerer o título ou a transferência de domicílio, além de pedir alteração de zona e seção dentro de um mesmo município. Eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida podem também pedir transferência para seções eleitorais especiais.

Segundo dados divulgados pelo TSE, 7,9 milhões de eleitores entraram com pedidos para retirar o alterar o título de eleitor até o último dia 18 de março. A conta inclui ainda o pedido de emissão de segunda via do documento.

Do total de 7.946.589 pedidos até a data do balanço divulgado, os requerimentos de revisão de dados do título de eleitor são maioria: 5.425.471, à frente de 1.485.496 de retirada de título, 1.003.082 de transferência e 32.540 de emissão de segunda via.

Quem precisar retirar o título de eleitor deve comparecer ao cartório eleitoral mais próximo com documento de identificação com foto e comprovante de residência – homens devem apresentar também o comprovante de quitação militar. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o novo modelo de passaporte não são aceitos.

Para demais solicitações, o eleitor deve levar também o título de eleitor atual e comprovantes de votação ou de justificativa referentes a eleições anteriores. Em todos os casos, nenhuma taxa é cobrada pela emissão do documento.(UOL)

Estudo aponta que mais da metade dos pais não protege os filhos na internet


criancaAinda que mais da metade (52%) dos pais reconheça os riscos que as crianças correm na internet, pouco mais de um terço deles (39%) conversa com seus filhos sobre as ameaças, segundo uma pesquisa realizada pela empresa de segurança digital Kaspersky em parceria com a B2B International.

O estudo constatou que 20% dos adultos não faz nada para proteger seus filhos das ameaças digitais, apesar de uma proporção semelhante (22%) já ter visto seus filhos em contato com ameaças online, tais como a exibição de conteúdo inadequado, a interação com estranhos ou o ciberbullying.

Para 53% dos entrevistados, a internet afeta negativamente a saúde ou o bem-estar das crianças. Um terço dos pais (31%) acha que não têm controle sobre o que seus filhos veem ou fazem online e quase dois terços (61%) não alerta as crianças sobre as ameaças virtuais.

De acordo com a pesquisa, apenas um quarto dos entrevistados (24%) usa algum tipo de software de controle parental. Outros 28% dos entrevistados afirmaram verificar o histórico de navegação dos filhos. Medida que, segundo a Kaspersky, não é efetiva, tampouco preventiva, até porque os danos já podem ter ocorrido quando a consulta for realizada.

Foram entrevistadas mais de 12.355 pessoas de 26 países, incluindo o Brasil (408), em junho de 2015. Ao todo, 42% dos participantes tinham filhos com idade inferior a 16 anos (mais…)

”Faltou humildade”, diz pai de criança ignorada por jogadores do Flamengo


No futebol, o Flamengo perdeu por 2 a 0 para o Vasco e foi eliminado do Campeonato Carioca, em partida realizada neste domingo, na Arena da Amazônia, em Manaus. Mas há quem diga que a pior derrota foi ainda fora das quatro linhas. Os jogadores rubro-negros quebraram o tradicional protocolo de entrarem acompanhados de torcedores mirins no gramado e deixaram seus pequenos fãs sem entender muito o que estava acontecendo.

flamenguista.jpg_2
Após a atitude, o grupo até tentou justificar, lembrando que o ritual de entrada foi inspirado nos times de futebol americano da NFL. Todavia, os responsáveis pelos pequenos mascotes não compraram a justificativa.
– Faltou humildade, faltou respeito, consideração e, principalmente, empatia dos jogadores. Meu filho tem oito anos e ama o Flamengo. Estava ali, em uma oportunidade rara, realizando seu sonho. Na hora, ele ficou meio sem entender o que estava acontecendo. Depois, ele assistiu ao restante do jogo extremamente frustrado. Ele é apenas uma criança, não merecia isso – disse Daniel Lima, pai de um dos 11 fãs ignorados pelo capitão Wallace e restante do plantel rubro-negro.

Quem também não aprovou o comportamento da equipe foi uma mãe que não quis se identificar. Inclusive, ela mostrou estar bastante chateada com o posicionamento dos jogadores.
– Foi uma atitude triste. Meu filho ficou dias ansioso por esse momento e, na hora, foi ignorado pelos atletas. Uma tremenda falta de consideração. Na minha opinião, esses jogadores são uns idiotas que não merecem o nosso apoio – afirmou.
No entanto, nem todos os responsáveis relataram a mesma opinião a respeito do ocorrido. Para Aguinaldo Oliveira, pai de Pedro Luis, de apenas quatro anos, houve uma supervalorização sobre a conduta dos atletas. Vale dizer que no momento do hino seu filho ficou ao lado do Wallace.
– Há um certo exagero sobre o que aconteceu ontem (domingo). Eles entraram em campo daquela forma pois tinham a intenção de homenagear a torcida. Não houve prejuízo para o meu filho. Eu acredito que houve um supervalorização do fato. O Pedro, por exemplo, ficou bastante feliz. Ele estava com o Wallace – concluiu. (globoesporte)

Brasil já teve 230 mortes por H1N1 este ano, segundo ministério


O Brasil já registrou 230 mortes por H1N1 este ano até o dia 16 de abril, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (25). Em apenas uma semana, entre 9 e 16 de abril, foram registradas 77 novas mortes.

campanha

Ao todo, foram 1.365 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) por influenza A/H1N1 até 16 de abril. A SRAG é uma complicação da gripe. Em uma semana, foram registrados 353 novos casos de SRAG por H1N1 no país.
Além das mortes pela influenza A/H1N1, houve ainda 20 mortes por outros tipos de influenza. O estado de São Paulo teve o maior número de óbitos por H1N1: 119, correspondendo a 51,7% das mortes do país.
Também foram registradas mortes por H1N1 em Santa Catarina (20), Rio de Janeiro (17), Rio Grande do Sul (13), Goiás (11), Minas Gerais (10), Bahia (8), Pará (6), Paraná (4), Distrito Federal (3), Mato Grosso do Sul (3), Mato Grosso (3), Rio Grande do Norte (3), Ceará (3), Alagoas (2), Pernambuco (1), Paraíba (1), Amapá (1) e Espírito Santo (1).
A campanha nacional de vacinação contra gripe começa no dia 30 de abril, mas vários estados já anteciparam a aplicação das doses.
A vacinação contra influenza no SUS é destinada a alguns grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, mulheres que deram à luz há menos de 45 dias, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.
A vacina aplicada é a trivalente, que protege contra H1N1, H3N2 (ambos vírus da Influenza A) e uma cepa da Influenza B. Em clínicas particulares, a vacina já está disponível. (G1)

Brasil: Projeto de lei tornará crime divulgar locais e horários de blitz, nas redes sociais


O Detran do Rio Grande do Sul encaminhou para a Câmara dos Deputados um projeto de lei que criminaliza a divulgação de locais de blitz policiais com pena prevista de 2 anos de prisão. Quem colaborar com redes sociais ou aplicativos para evitar a fiscalização, pode ser enquadrado na lei.

De acordo com o diretor do órgão, Ildo Szinvelski, a prática precisa ser fiscalizada e punida para que as pessoas se conscientizem e deixem de passar informações deixando de auxiliar, mesmo sem querer, “os malfeitores do trânsito ou os criminosos”. A proposta gaúcha é inibir de vez o serviço. Enquanto a proposta é analisada, algumas cidades tentam minimizar os efeitos desses aplicativos com operações paralelas para surpreender quem tenta fugir das barreiras ou através de contra-informações nas próprias redes sociais. As informações são do G1.

Bahia: Garoto morre afogado. Pai tentou salvá-lo, mas foi impedido por um amigo


Um adolescente de 13 anos morreu afogado em um rio do município de São Desidério, região oeste da Bahia, no domingo (24). Segundo informações da Polícia Civil na cidade, o pai da vítima tentou socorrer o garoto, mas só conseguiu salvar o amigo, que também estava se afogando.

Ainda de acordo com a delegacia, o afogamento aconteceu em uma chácara onde era realizada uma festa. Quando os dois adolescentes começaram a se a afogar, o pai da vítima entrou na água e foi em direção ao filho, mas acabou sendo agarrado pelo outro garoto e não conseguiu chegar até o filho. Outras pessoas também entraram no rio, mas não conseguiram evitar o afogamento. Os Bombeiros chegaram a ser acionados para ajudar a localizar a vítima, mas a remoção foi feita por populares pouco antes da chegada dos Bombeiros. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Barreiras. (Rede Bahia)