Ministério Público entra com ação contra a construção do Rio Catolé


Da Redação

Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução)
Imagem ilustrativa. (Foto: Reprodução)

Há pedido da Associação dos Produtores Rurais de Barra do Choça, o MP Estadual ajuizou Ação Civil Pública para tentar impedir a construção da barragem do Rio Catolé. A barragem no rio que fornece água para Itapetinga e outras cidades da região, é um projeto que há anos está sendo discutido.

A principal alegação dos produtores rurais de Barra do Choça é que a construção da barragem trará diversos prejuízos para os municípios banhados pelo rio, além de prejudicar a flora e fauna da extensa área.

O município de Vitória da Conquista, principal polo regional, será contemplado com a construção da barragem. O financiamento da obra será feito pelo Governo Federal, que liberará R$ 144 milhões para a obra e o Governo do Estado que vai liberar cerca de R$ 60 milhões.

A cidade de Itapetinga também é contrária à construção da barragem e deverá se posicionar oficialmente, propondo outra ação judicial visando à suspensão da obra.

 

 

AVISO: O conteúdo de cada comentário nesta página é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem. Dê sua opinião com responsabilidade!